Se pudesse fazer uma pergunta ao Papa, o que perguntaria?

As crianças, assim como os adultos, têm perguntas e inquietudes, mas raramente lhes é dada a oportunidade de manifestar o que as preocupa e de fazer as grandes perguntas que estão no fundo de seu coração. Em Querido Papa Francisco, o Papa lhes dá essa oportunidade e celebra sua profunda espiritualidade, respondendodiretamente a perguntas das crianças do mundo todo. Algumas são divertidas, outras são sérias. E algumas, discretamente, são de partir o coração. Mas todas vêm de crianças que merecem conhecer e sentir o amor incondicional de Deus.

 

O Papa também já foi criança...


Nascido em 17 de dezembro de 1936, em Buenos Aires, Argentina, tem dois irmãos e duas irmãs que o chamam de Jorge, pois seu nome completo é Jorge Mario Bergoglio. Quando criança, gostava de jogar futebol, de ir à escola e até de dançar tango. Aos 21 anos decidiu que queria ser sacerdote e foi ordenado em 1969. Depois de muitos anos ajudando as pessoas na Argentina como sacerdote e mais tarde como bispo, foi eleito Papa em 2013. O Papa Francisco é o primeiro Papa jesuíta e o primeiro das Américas. Hoje em dia ele vive no Vaticano (você sabia que o Vaticano é o país do Papa dentro da Itália?). Ele gosta de viajar pelo mundo e de se encontrar com as pessoas, especialmente com as crianças. Por meio de suas palavras e ações, o quer que crianças como você recebam inspiração da misericórdia, da alegria e de uma relação de amor com Deus.

 

 

De onde vieram as cartinhas?

Foram recebidas 259 cartas de 26 países, em 6 continentes, escritas em 14 idiomas. Confira no mapa abaixo:

 

© 2016 Edições Loyola. Todos os direitos reservados